Você está aqui: Página Inicial > Notícias > MDH prestigia posse da nova presidente do TSE

Notícias

MDH prestigia posse da nova presidente do TSE

Rosa Weber é a primeira mulher assumir a presidência da Justiça Eleitoral em período de eleições presidenciais

por publicado: 15/08/2018 15h43 última modificação: 15/08/2018 15h49

Nesta terça-feira (15), representantes do Ministério dos Direitos Humanos (MDH) participaram da cerimônia de posse da nova presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a ministra Rosa Weber. A solenidade, realizada em Brasília, teve a presença da secretária nacional de Políticas para Mulheres do MDH, Andreza Colatto, além de demais autoridades do poder executivo, legislativo e judiciário.

A cerimônia foi iniciada pelo ministro Luiz Fux, que passou os últimos seis meses no comando do TSE. Durante a posse, a nova presidente do Tribunal destacou o fortalecimento das instituições como elemento importante para a democracia.

“A solenidade de posse da presidente do TSE ganhou simbolismo especial. Empoderar mulheres e meninas é nossa missão e nesta data celebramos este exemplo de mulher que alcança um importante espaço de poder e decisão na estrutura do Estado”, ressaltou a secretária da SNPM e presidente do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, Andreza Colatto, ao final da cerimônia.

Rosa Weber será responsável pela condução do Tribunal Eleitoral durante estas eleições, sendo vice-presidente o ministro Luís Roberto Barroso. Os mandatos são válidos até 2020.

Durante a cerimônia discursaram, ainda, o ministro do TSE Tarcisio Vieira, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, e a procuradora-geral da República, Raquel Dodge. A participação das mulheres na política foi objeto de destaque nos discursos, no sentido de alcançar a equidade de gênero.

A nova presidente

Rosa Maria Pires Weber é de Porto Alegre. Ingressou na magistratura trabalhista, foi professora da Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) e em 2011 tomou posse como ministra do Supremo Tribunal Federal (STF).