Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Tráfico internacional de mulheres é tema de encontro promovido pela SPM

Notícias

Tráfico internacional de mulheres é tema de encontro promovido pela SPM

Reunião envolveu representantes de todos os estados para implementar protocolo aprovado no âmbito do Mercosul

por publicado: 04/05/2018 18h35 última modificação: 04/05/2018 18h37

O protocolo de atendimento as vítimas do tráfico internacional de mulheres aprovado na Reunião de Ministras e Altas Autoridades da Mulher do Mercosul (RMAAM) foi discutido nos dias 02 e 03 de maio em Brasília. O evento promovido pela Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres em parceria com o Ministério da Justiça e o UNODC (Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime) reuniu representantes dos Organismos de Políticas para as Mulheres e dos Núcleos de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas de todo o Brasil, entre outras instituições.

A programação incluiu informações sobre os trabalhos que são realizados pela Polícia Federal, Defensoria Pública da União, Ministério da Justiça, Polícia Rodoviária Federal, SPM e Ministério dos Direitos Humanos. Representantes das instituições envolvidas na temática apresentaram a missão de cada um no processo de enfrentamento ao tráfico, bem como exemplos dos trabalhos realizados. Durante apresentação da SPM, foram revelados dados inéditos do Ligue 180, relativos aos 209 casos registrados em 2017.

“O balanço foi positivo, conseguimos definir algumas atribuições e fluxos. Oportunizou também um diálogo direto e muito desejado com quem realiza ações nos Estados”, ressaltou a diretora de Enfrentamento à Violência, Eliana Guerra.

A secretária nacional de políticas para mulheres interina, Aparecida Moura, encerrou o encontro reafirmado o compromisso da SPM em fortalecer a pauta. O evento deste semana faz parte de um ciclo para implementação do protocolo, promovido pela SPM. Primeiramente foi realizado um encontro entre as instituições federais que possuem interface com o tema, nesta semana o encontro foi com representantes estaduais e o cronograma prevê para junho, a realização de um workshop.